Monday, January 14, 2008

no monstro adormecido

20030721_acores

Lagoa do Fogo, 20030721

8 comments:

Hugo Besteiro said...

Está muito fixe.. gosto das diferenças das texturas e dos contrastes de cores.. da separação bem delineada das várias "camadas".. do negrume dos montes e vales no horizonte.. e da existência do ser no meio de todo esse universo.

grande foto!

bijagós said...

Uma oferenda humana aos pés do monstro adormecido. Para redimir o quê?

Anonymous said...

Ou um corajoso, embora cauteloso, desafio para não despertar o monstro do seu sono?

bijagós said...

Claro, claro, anónimo! É espantoso como, em certas situações, umas palavras nos fazem ver uma coisa por um prisma totalmente diferente (quase oposto?.) Essa visão que o teu comentário concretiza tornou-se para mim tão plausível como a que me surgiu ao ver esta fotografia pela primeira vez. E não interessa nada se uma é mais real do que a outra. Ou mesmo do que as 50.000 outras possíveis. O admirável é mesmo a capacidade de nos abrirmos a tantas leituras diversas.

margarete said...

gosto muito!

kiasma said...

obrigado a todos.
oferenda, desafio, respeito... É como um santuário natural.
A quem nunca lá esteve, aconselho. Vale bem a descida e a subida de regresso

umbíguo said...

O que eu gosto de ter razão... ;)

Anonymous said...

e porque não ser afinal o "monstro da lagoa"?